Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia

 

“Filosofia e História da Biologia”

 

Edição impressa: ISSN 1983-053X

Edição eletrônica: ISSN 2178-6224

Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia
Apresentação Edições Equipe Normas Aquisição Busca

Filosofia e História da Biologia

"Os genes e o ambiente: implicações da descoberta dos íntrons no debate natureza versus cultura"
Ricardo Waizbort; Gustavo Ciraudo Solha
Filosofia e História da Biologia, volume 1, páginas 279-295, 2006

artigo em formato PDF

Resumo: Durante o ano de 1977, equipes independentes de pesquisa como a do inglês Richard Roberts no Cold Spring Harbor Laboratory, do norte-americano Phillip Sharp no Massachussetts Institute of Technology (MIT), do francês Pierre Chambon no Centre National de la Recherche Scientifique, entre outras, descobrem que ao contrário do que era sabido em bactérias, o gene não era um trecho de DNA ininterruptos pronto para ser traduzido em proteínas. Em organismos eucariontes o RNA mensageiro precisa ser montado para dar origem à proteína final. Todavia, essa montagem do RNA mensageiro pode ocorrer de formas alternativas, gerando mais de uma proteína por gene. Esse fenômeno é chamado de processamento alternativo do RNA mensageiro. A descoberta deste, e de outros processos moleculares, são motivo necessário para que certos autores postulem a necessidade de uma mudança conceitual das pesquisas biológicas. Para outros autores, essas descobertas não são anomalias, mas mantém o núcleo de um programa de pesquisa lakatosiano. O “dogma central da biologia molecular”, tratado ou como paradigma kuhniano ou como núcleo lakatosiano é debatido.
Palavras-chave: gene molecular; introns; definição

Genes and environment: implications of the discovery of introns in the debate nature versus nurture

Abstract: During all the year of 1977, independent teams of research as of the English the Richard Roberts working at Cold Spring Harbor Laboratory, of the North American Phillip Sharp at the Massachusetts Institute of Technology (MIT), of the Frenchman Pierre Chambon at the
Centre National de la Recherche Scientifique among others, in contrast discover that of that was known in bacteria, the gene was not a piece of uninterrupted DNA soon to be translated proteins. In eukaryotic organisms the necessary messenger RNA to be mounted to give origin to the final protein. However, this assembly of the messenger RNA can occur of alternative forms, generating more than a protein for gene. This phenomenon is called alternative splicing of the messenger RNA. The discovery of this and other molecular processes is necessary reason so that certain authors claim the necessity of a conceptual change of the biological research. For other authors, these discoveries are not anomalies, but it keeps the inner core of a lakatosian program of research. The “central dogma of molecular biology”, treated or as kuhnian paradigm or as lakatosian inner core is debated.
Keywords: molecular gene; introns; definition


Para ter acesso aos sumários de todos os volumes da revista Filosofia e História da Biologia, clique aqui.

 Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia (ABFHiB)