Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia

 

“Filosofia e História da Biologia”

 

Edição impressa: ISSN 1983-053X

Edição eletrônica: ISSN 2178-6224

Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia
Apresentação Edições Equipe Normas Aquisição Busca

Filosofia e História da Biologia

"A prática científica na ecologia de comunidades: diálogos entre empirismo e teoria na literatura científica"
Leila Cruz; Pedro Rocha; Charbel El-Hani
Filosofia e História da Biologia, volume 2, páginas 257-278, 2007

artigo em formato PDF

Resumo: A ecologia de comunidades tem encontrado dificuldades para responder algumas de suas perguntas básicas e superar debates sobre aspectos fundamentais de sua prática científica. Uma das causas sugeridas para este insucesso corresponde a deficiências no processo de construção do conhecimento ecológico. Para avaliar esta hipótese, analisamos qualitativamente a literatura de ecologia de comunidades de lagartos a partir de uma amostragem das publicações da área entre 1940 e 2002. Foram avaliados: o desenvolvimento teórico do campo; a utilização, pelos pesquisadores, das teorias disponíveis, particularmente a teoria da competição; e a interação entre a produção teórica e a produção empírica. Os resultados sugerem que o campo apresenta desenvolvimento teórico: novas hipóteses foram propostas e várias foram superadas ao longo do período. Contudo, detectou-se uma freqüência muito baixa de testes empíricos dessas hipóteses: poucos artigos empíricos referenciam as hipóteses disponíveis em sua época e as testam formalmente. Sugerimos que o desenvolvimento do conhecimento na ecologia de comunidades se deu sem que as teorias ecológicas fossem exploradas de modo aprofundado devido a falhas no diálogo entre as tradições teórica e empírica do campo, e que a superação do programa de pesquisa das interações, dessa disciplina, pode ter sido ocasionado por seu reduzido progresso empírico.
Palavras-chave: filosofia da biologia; ecologia; ecologia de comunidades; teoria da competição; prática científica; teste de hipóteses; progresso empírico; progresso teórico

Historical dialogues between the empirical and the theoretical literature on lizard community ecology

Abstract: The field of community ecology has been facing difficulties at answering some of the basic questions of this area, as well as to overcome some recurring debates on fundamental aspects of its practice. One of the causes that have been suggested to explain this limited success are the alleged deficiencies in the construction of ecological knowledge. In order to evaluate this hypothesis, we performed a qualitative analysis of the literature on lizard community ecology, based on a sampling of publications between 1940 and 2002. We evaluated (1) the theoretical development of the field, (2) the use of the available theories and, particularly, the use of the theory of competition by researchers, and (3) the interaction between the theoretical and empirical publications. The results suggest that there has been theoretical developments in this field: new hypotheses were proposed and several others were overcome during this period. However, we detected a very low rate of empirical tests of these hypotheses: few empirical articles refer to the hypotheses previously proposed and test them formally. We suggest that the development of knowledge on lizard community ecology have taken place without the ecological theories being explored in depth, due to failures in the dialogue between the theoretical and empirical traditions of the field, and that overcoming the research program of ecological interactions, in this discipline, may have been caused by low empirical progress due to few tests of the hypotheses proposed.
Keywords: philosophy of biology; ecology; community ecology; competition theory; scientific practice; hypothesis testing; empirical progress; theoretical progress

Para ter acesso aos sumários de todos os volumes da revista Filosofia e História da Biologia, clique aqui.

 Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia (ABFHiB)