Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia

 

“Filosofia e História da Biologia”

 

Edição impressa: ISSN 1983-053X

Edição eletrônica: ISSN 2178-6224

Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia
Apresentação Edições Equipe Normas Aquisição Busca

Filosofia e História da Biologia

"Uma lembrança de infância: os “fósseis colossais” e o papel de Frederico Leopoldo César Burlamaque como primeiro paleontólogo brasileiro"
Antonio Carlos Sequeira Fernandes, Cecilia de Oliveira Ewbank, Marina Jardim e Silva; Deise Dias Rêgo Henriques
Filosofia e História da Biologia, volume 5, número 2, páginas 239-259, 2010

artigo em formato PDF

Resumo: No decorrer de suas primeiras décadas de formação, o Museu Nacional do Rio de Janeiro carecia de produtos naturais, inclusive fósseis, resultando em coleções com número reduzido de exemplares, principalmente nacionais. A situação do acervo paleontológico somente começou a modificar-se a partir de 1847 quando Frederico Leopoldo César Burlamaque, empossado diretor do museu, formaria um rico acervo representativo da paleontologia do Nordeste brasileiro graças à correspondência com os representantes das distintas províncias nacionais, e também de outros países, em que solicitava a remessa de material fossilífero para a instituição. A incansável atuação de Burlamaque na formação desse acervo, somado ao seu grande interesse pelos fósseis, o levou a publicar o primeiro artigo em um periódico nacional sobre a megafauna pleistocênica do Brasil. Por esses motivos e seu incentivo ao estudo da paleontologia no país, Burlamaque pode ser considerado como o primeiro paleontólogo brasileiro.
Palavras-chave: Burlamaque, Frederico Leopoldo César; Coleções paleontológicas; Museu Nacional

A childhood memory: the “colossal fossils” and the role of Frederico Leopoldo César Burlamaque as a Brazilian paleontologist

Abstract: During its first two decades of existence, the Museu Nacional at Rio de Janeiro lacked natural artifacts, including fossils, which resulted in a reduced number of specimens, mainly Brazilian ones. From 1847 on, after Frederico Leopoldo César Burlamaque being nominated as the director of this scientific institution, the situation of the paleontological collection began to change with lots of fairly representative material from Northeast Brazil being gathered. This was accomplished by exchanging letters with Brazilian provincial representatives and foreigners, in which he asked for sending fossils to his institution. His effort in setting up this collection, together with his great interest in fossils, led him to publish the first manuscript in a Brazilian journal on the Pleistocene megafauna of Brazil. For all these reasons and for encouraging paleontological studies in Brazil, Burlamaque can be considered as the first Brazilian paleontologist.
Keywords: Burlamaque, Frederico Leopoldo César; Paleontological collections; Museu Nacional

Para ter acesso aos sumários de todos os volumes da revista Filosofia e História da Biologia, clique aqui.

 Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia (ABFHiB)