Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia

 

“Filosofia e História da Biologia”

 

Edição impressa: ISSN 1983-053X

Edição eletrônica: ISSN 2178-6224

Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia
Apresentação Edições Equipe Normas Aquisição Busca

Filosofia e História da Biologia


"Vida Artificial e seu correlato biológico: algumas possibilidades e limitações"
Luís Junqueira
Filosofia e História da Biologia, v. 8, n. 1, p. 91-105, 2013.

artigo em formato PDF

Resumo: Desde que os cientistas envolvidos com a concepção de inspiração biológica conhecida por Vida Artificial anunciaram que programas de computador poderiam exibir sinais de vida, à semelhança dos organismos vivos, alguns biólogos passaram a discorrer sobre a impossibilidade de tais softwares serem dotados de vida em sentido estrito dos organismos biológicos. O filósofo Marc Lange, no entanto, não vê razão para tal impossibilidade e recorre ao conceito de vitalidade para auxiliá-lo em seus argumentos. Neste artigo apresentaremos o conceito de Vida Artificial, os critérios de identificação dos sinais de vida, uma discussão sobre a abordagem defendida por Lange e as limitações e possibilidades de aplicação dessa nova concepção.
Palavras-chave: Vida Artificial; sinais de vida; Filosofia da Biologia

Artificial Life and its biological correlate: some possibilities and limitations

Abstract: Since scientists involved with the bioinspired conception known as Artificial Life announced that computer programs could show signs of life, like living organisms, some biologists began to talk about the impossibility of such software being endowed with life in the strict sense of biological organisms. The philosopher Marc Lange, however, sees no reason for such impossibility and uses the concept of vitality to assist in their arguments. In this paper we present the concept of artificial life, the criteria for identifying signs of life, a discussion of the approach advocated by Lange and the limitations and possibilities of application of this new conception.
Keywords: Artificial Life; signs of life; Philosophy of Biology

Para ter acesso aos sumários de todos os volumes da revista Filosofia e História da Biologia, clique aqui.

 Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia (ABFHiB)