Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia

 

“Filosofia e História da Biologia”

 

Edição impressa: ISSN 1983-053X

Edição eletrônica: ISSN 2178-6224

Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia
Apresentação Edições Equipe Normas Aquisição Busca

Filosofia e História da Biologia


"O Museu Nacional, suas análises de carvão mineral e a coleção de fósseis vegetais carboníferos no século XIX"
Antonio Carlos Sequeira Fernandes, Marcelo de Araujo Carvalho, Daianne Almeida, Luciana Witovisk
Filosofia e História da Biologia, v. 9, n. 1, p. 1-18, 2014.

artigo em formato PDF

Resumo: No decorrer do Oitocentos, o Museu Nacional desempenhou importante papel na análise de materiais de interesse econômico para o governo imperial. Entre os principais registros dessa atividade estão os relatórios ministeriais anuais encaminhados à Assembleia Legislativa, com base nas informações encaminhadas pelos diretores do museu. A carência de outros documentos primários indica a importância dos relatórios ministeriais para a informação sobre a criação de um laboratório químico e físico em 1824, sua atuação na determinação química e importância econômica de minerais e amostras de carvão, bem como sobre a aquisição de coleções estrangeiras para comparação e identificação dos fósseis vegetais carboníferos do Sul do Brasil. Este trabalho apresenta uma síntese das informações dos relatórios ministeriais e do status quo das coleções carboníferas europeias adquiridas no século XIX e atualmente presentes no acervo da instituição, permitindo o reconhecimento de seu valor histórico e científico.
Palavras-chave: carvão mineral; Museu Nacional; século XIX

On the chemical analysis of coal and the collections of Carboniferous plants from Museu Nacional, Rio de Janeiro

Abstract: During the 19th century the Museu Nacional performed an important role in the analysis of materials with economic interest to the imperial government. The annual ministerial reports addressed to the Legislative Assembly and based on the information sent by the museum managers are among the main reports of this activity. The lack of primary documents shows the importance of these reports in providing information on the origins of the physical chemical laboratory and its role on the chemical identification and economic importance of minerals and coal samples, as well as in the acquisition of foreign collections to be used as a source of comparison and identification of Carboniferous plants from South Brazil. This work presents a synthesis of the information on these ministerial reports and the status quo of Carboniferous collections from Europe acquired at that time and now part of the museum collection. This allowed the recognition of the museum’s historical and scientific value.
Keywords: coal; Museu Nacional; 19th century

Para ter acesso aos sumários de todos os volumes da revista Filosofia e História da Biologia, clique aqui.

 Associação Brasileira de Filosofia e História da Biologia (ABFHiB)